Alergia é uma reação anormal do sistema imunológico a uma ou mais substâncias aparentemente inocentes que, quando apreendidas pelo organismo (inaladas, ingeridas, ou por contato com a pele), causam irritabilidade. Todos que sofrem dessa disfunção são denominados de pessoas alérgicas.

As substâncias capazes de desencadear a alergia são chamadas de alérgenos. Os mais comuns são: ácaros, poeira, pelos de animais, picadas de insetos, medicamentos, cosméticos e comidas.

Quando os alérgenos são apreendidos pelo organismo, células brancas do sangue que produzem anticorpos (IgE) são ativadas. Estes anticorpos determinam a liberação de produtos químicos potentes, como por exemplo a histamina, que acabam provocando os sintomas alérgicos típicos (espirro, coriza, tosse, coceira, entre outros).

Para a manifestação da alergia, é necessária a combinação entre predisposição genética da pessoa e uma situação no ambiente que seja facilitadora. Apesar de serem mais comuns na infância, as crises podem surgir em qualquer idade.

O tratamento das alergias é realizado através do controle ambiental e da imunoterapia.
O controle do ambiente é um conjunto de medidas que visa a reduzir o contato da pessoa com os alérgenos e é absolutamente necessário para o êxito do tratamento. A primeira e mais importante medida que deve ser tomada é a forração do colchão e dos travesseiros de uso do paciente com material impermeável. Já a imunoterapia é um programa eficaz de vacinação que tem como objetivo aumentar a imunidade do paciente aos alérgenos.


Saiba mais:

  • Orientação geral aos portadores de alergia – Fonte: Pró Alérgico Ciência (Download)
  • Os não em alergias – Fonte: Pró Alérgico Ciência (Download)
  • Controle ambiental (Download)
  • Alergia – Wikipédia
  • (21) 2502-1473 - (21) 99128-6716 - (21) 99696-2515


    homealergiaoficinaforraçãopreçosfotoscomprarreportagenscontato